terça-feira, 27 de setembro de 2016

Existirmento



Existirmento
momento a momento
a ento
a eito
é o meu tormento
o meu alento
que levo a peito

É a minha a-razão
a-lusa alusão
confusa confusão
ou, se melhor entendeis
o meu canhão
e provisão de ilusão
p'ra que vos encanteis

Para que exirtirmento
existirminto
invento
invinto
às vezes com algum tinto
e com sofrimento
pinto

ponto

Daniel D. Dias

Sem comentários:

Publicar um comentário